Maldita insônia

Uma noite
Tão fria e escura
Tão nebulosa
Cobre os únicos raios de felicidade.

A cidade
Dorme
E os loucos
Que pensam
Estão todos acordados
Se torturando
Mais e mais.

O mundo coberto de dor
E os poetas escrevendo sobre
Amor,
Um amor perdido
Outro amor
Sofrido
Mas, o escrevem
Mesmo assim.

Maldita insônia
Que não me deixa
Dormir.

0 comentários: