A elegante Biblioteca no Centro Cultural Potiguara - Rio Tinto

A elegante Biblioteca no Centro Cultural Potiguara - Rio Tinto


"Rio Tinto agora poderá viver muitas vidas através de sua nova biblioteca" 
- David Benner

Imagem da internet

A espera acabou, localizado no litoral norte da paraíba, hoje a pequena cidade Rio Tinto conta com uma nova biblioteca, o que sempre foi almejado pelos moradores da região. O acervo com as grandes obras da literatura está localizado no antigo palácio da família Lundgren, que foi criado segundo pesquisadores, há mais de 60 anos.



Diante várias estantes encontra-se obras do gênero: Romance, conto, dicionário, filosofia, poesia, biografia entre outros. A sala bem espaçosa favorece um grande conforto às pessoas, que na maioria das vezes, passam horas lendo no local antes de levar os exemplares escolhidos para casa.



Como citado acima, os leitores são livres para levar alguns exemplares para sua moradia, porém o mesmo deve estar ciente que tem uma devida obrigação de entregar a obra em uma determinada data.


Para os amantes dos grandes nomes da literatura como: Carlos Drummond de Andrade, Machado de Assis e Fernando Pessoa existem as mais principais obras disponíveis em antologias e livros únicos de suas principais obras.  


 Agora mais que apreciar toda a vista que o casarão oferece, todos podem ler um bom livro e ter contato com toda a cultura na palma da mão.





Além da biblioteca, há imagens antigas de Rio Tinto (também da família Lundgren), bosque, árvores únicas e animais em toda a mata atrás do casarão.



Também as escolas que agendam visita neste museu, tem principalmente uma grande aula de campo e palestra sobre o passado da cidade e de como foi fundado o palacete que hoje é este grande acervo de rememorações dos potiguaras.


A página com intuito principal de divulgação das imagens e projetos do casarão já foi criada e está disponível no facebook. Aos poucos, mas com algumas dificuldades, a mesma está crescendo. Nesta rede social recentemente os administradores já compartilharam fotos das antigas e recentes visitas agendadas ao lugar. 


Agora com toda a biblioteca e o local histórico onde a mesma se situa, a cidade tornou-se mais rica como no poema "Rio Tinto" de Danilo Soares.
                                          

Nenhum comentário