3 Sonetos - (Namoro na fase infantil)

3 Sonetos - (Namoro na fase infantil)

01 - Namoro infantil
Então congênere ser humano 
Que, assim como julgador,
Sou, julgo miseráveis de ano
Em ano! Acabo imperando dor...


A quem me odeia assim vês:
Se o ódio que em tua horrível
Face me transmite! Desta vez
Feio rosto não me deixa invisível.


Agora, com ódio elevado, pergunto:
Que ventre produziu esta fábrica 
De idiotice capaz de, como defunto,


(Pensamentos de mortos) aprovar
Namoro de crianças que não justifica
    Nem mesmo o que vai falar?






2 - Dante, leve ao inferno
Tolos, tarados, trambiqueiros,
Miseráveis, misteriosas mentes    
                                              [mulas! 
Dante daria disposição do derradeiro
Fogo fazendo fogueira, fórmulas...


Queimando quem quisera qualquer
Coisa com crianças crescendo 
Ainda. Assim a autenticado a acender
Contra canalha cínicos cavando,


Explorando, excluindo e explodindo
   Estes esmos e... extraídos 
   Desta divina de deprimidos


Eu, elevado, excêntrico e-a excluir,
Afastando-me a acabar áridos
Pensamentos, aprovo! Pode preterir...




03 - Tolos querendo namorar
    O imbecil moderno nem sabe
     Interpretar conselhos e quer
      Namorar. Como cabe
Na mente estas burrices de nada a 
                                                  [ver?


   Ah, não! não sou polêmico.
Sou preocupado com o proceder
Da humanidade! Nunca específico
Fica justificado isso! Nunca irei ver:


Como coisa normal tudo isso.
13, 12, 11, 10, 9, 8 anos namorando?
Este país assombra-me! O  
                                         [compromisso


   De crianças é curtir a infância,
Rir, brincar e ficar desenhando 
O futuro. Namorar? - Não é essência.  

Foto: https://goo.gl/3dqNNF, pixebay 

Por meio destes versos "Sem sentido", como falam alguns que faltaram as aulas de interpretação de textos do professor de português, eu explico de maneira direta minha visão sobre o "Namoro na infância". Para alguns o jeito que os pequenos encontram de 'namorar as escondidas' é a forma de descoberta na fase infantil, porém isto não só atrapalha a infância dos mesmos, mas os faz, desde cedo, sexualizar todo o tempo que devia estar jogando bola, soltando pipa, rodando o clássico pião (que por causa de toda a tecnologia contemporânea está sendo esquecido), lendo um livro, fazendo artes com sua imaginação em um papel, assistindo a uma animação na Tv Futura ou escola.

  
Normalmente vejo indo às festas da cidade pré-adolescentes (de 13 anos) e crianças (12 ou 11), as vezes por até mesmo ver os pais indo, bebendo e 'curtindo'. Não há duvida que os costumes dos pais, uma hora ou outra, passa para os filhos; visto que as crianças, muitas vezes em sua fase, vendo que tudo que o pai faz parece 'legal' uma hora também almejará fazer.

Não só os costumes de seus criadores, mas o que está disponível na televisão. A quantidade de crianças que assisti as novelas da globo é gigante, algumas vendo personagens se beijando acha aquilo 'romântico', quando seus "hormônios a flor da pele" aumenta a cada cena 'quente' disponível em canais abertos. Achando a parte do mesmo contato boca a boca mostrado 'linda', irão uma hora achar interessante. Assim é dever dos responsáveis ficar ligado ao que os filhos assistem. 

"Mas tem mentalidade de gente adulto, então não há problemas em namorar"


Não. É tolice achar que um jovem de 12 anos tem mentalidade de um com 24. Este talvez é o argumento mais fraco que já ouvi. Todos os pensamentos são alterados e renascidos com o decorrer do tempo. A psique de uma pessoa com 12 anos sempre vai ser diferente, porém alguns com esta idade são mais inteligentes do que outros da mesma; mas dizer que a mentalidade de uma criança se iguala a de um adulto é baboseira plena. Até porque a mentalidade dos 'mais velhos', é um resultado direto dos próprios erros e acertos da vida, coisas que todas as crianças ainda viverão.

Brincadeiras infantis. Pião: Marcos Santos/USP Imagens https://goo.gl/ePFFwe




Nenhum comentário