O soldado fantasma - Vila - Regina - PB

O soldado fantasma - Vila - Regina - PB

Madrugada aquela, que facilmente não será esquecida, é contada até hoje. O esquisito sentou-se próximo do soldado com uma naturalidade invejável e ofereceu serviço para vigiar todo o local.
Aquele, que já estava de guarda e com sono, fechava os olhos e os abriam sempre sem nem mesmo perceber que, com este cansaço, estava arruinando sua noite de trabalho.
Quando ouviu as modernas palavras de bondade adorou o tal homem. E pós seus agradecimentos voltou para o alojamento do tiro-de-guerra.
O mesmo deitou-se no colchão para enfim descansar.
"Por que estás aqui? Não deveria ficar, nestas horas, como guarda do TG?", questionou um dos colegas.
"Não, não! Está tudo em ordem! O soldado Ferreira já está mantendo o controle da noite!", respondeu o cansado.
"Quê? Olha eu aqui! Estás maluco? Tu só podes está dormindo acordado", Ferreira replicou ironicamente e mostrou-se saindo debaixo de seu cobertor. Porém deixou fixo por alguns minutos, em seu rosto, espanto pois ele e nem os outros companheiros nunca ouviram o tal soldado mentindo.
"Mas... Quê? Tu... Estava lá! Sim eu vi! você estava lá. Como assim?... ",
Subiu em si um horror incontrolável. O mesmo jurou caído que o tal soldado pediu permissão para estar visualizando a rua naquela noite.
Ninguém até agora descobriu se realmente foi ilusão do soldado ou se verdadeiramente era algo sobrenatural.


Conto baseado na lenda popular 'O soldado fantasma' da Vila-Regina - Rio Tinto - PB
Narrativa: Danilo Soares.

Nenhum comentário