HINO À BANDEIRA - Olavo Bilac (Príncipe dos poetas)

Salve, lindo pendão da esperança! 
Salve, símbolo augusto da paz! 
Tua nobre presença à lembrança 
A grandeza da Pátria nos traz. 

Recebe o afeto que se encerra 
Em nosso peito juvenil, 
Querido símbolo da terra, 
Da amada terra do Brasil! 

Em teu seio formoso retratas 
Este céu de puríssimo azul, 
A verdura sem par destas matas, 
E o esplendor do Cruzeiro do Sul... 

Recebe o afeto que se encerra 
Em nosso peito juvenil, 
Querido símbolo da terra, 
Da amada terra do Brasil! 

Contemplando o teu vulto sagrado, 
Compreendemos o nosso dever: 
E o Brasil, por seus filhos amado, 
Poderoso e feliz há de ser! 

Recebe o afeto que se encerra 
Em nosso peito juvenil, 
Querido símbolo da terra, 
Da amada terra do Brasil! 

Sobre a imensa nação brasileira, 
Nos momentos de festa ou de dor, 
Paira sempre, sagrada bandeira, 
Pavilhão da justiça e do amor! 

Recebe o afeto que se encerra 
Em nosso peito juvenil, 
Querido símbolo da terra, 
Da amada terra do Brasil! 

Olavo Bilac

Olavo Bilac ou "príncipe dos poetas" foi um jornalista e um dos principais nomes do parnasianismo brasileiro. Sendo deste período literário, seus poemas na maioria das vezes tem formas fixas como 14 versos (sonetos) e rimas ricas.  


0 comentários: