3 formidáveis poemas de Gustavo Valério



"Sou Gustavo Valério, Alagoano, poeta amador, escrevo desde os 10 anos. A poesia é minha forma de registrar pensamentos, ideias e meu quotidiano, talvez por isso, soam estranhas à maioria das pessoas."

 Eu Não Nasci



Eu não nasci, surgi da escuridão.
Minha mãe, não tinha útero, mas um buraco-negro
onde gerado fui, sem luz, sem segredos ou medos
tampouco com algum coração.

Eu surgi com o impacto forte e profundo
do não-querer com acidente,
sou apenas um incidente incoerente,
inerente ao confuso, do mundo, rotundo.

Não pertenço àqueles da família
não humilha, saber que não existo,
não exito, não atrito, eu coexisto
preso neste mundo e liberto numa ilha.

Não espanta-me tal distância
entre mim e os meus semelhantes.
Sou inconstância; assonantes
são meus pensamentos, desde à infância.

Conforta dizer que não os amo?
Anima dizer que não engano nada e ninguém?
Eu sei que não te convém e te irritas saber que além
de você, há alguém que não se importa com os humanos.

Mas não preocupe-se apenas com isso.
Eu realmente sou um risco, arisco, sou um corisco vazio...
Nada me prende, me segura, me atrai exceto o arredio,
uma mistura de nada com o sombrio manumisso

Algo que é mortal, ilegal e quebradiço
que despedaça, entrelaça e separa-me dos iguais...
Sou o eixo que equilibra os submissos e os anormais,
mistura nata de ilegais e desconhecidos alissos...

Imisso, sou um atrativo de matérias
minhas artérias movimentam massa escura,
Impura, minha vida é inexistente e não há procura,
minha tessitura é fria, descura e deletéria.


Sentir


E de tanto sentir
o coração explodiu
arrancou-lhe
um pedaço do peito
lançou longe, partes
de seu pulmão
atingiu duas pessoas
e a matou.

As duas pessoas
não morreram
mas sentirarm
que sentir demais
faz mal...


Anjinho


Você me trouxe alegria
e eu te amava por isto
inspirastes as mais belas poesias
que até hoje, nelas insisto.

Você era a raiz da felicidade
e a porta nascente da luz.
Você era a inocência em liberdade
que hoje, a imensidão conduz...

Você era humano a aprender
mas era também um anjinho
e eu sequer percebi, minha criança...

O universo então precisou de você
levou-te a parte de anjinho
e eu fiquei com as lembranças...

3 comentários: