RESENHA - Nunca mais Rachel

RESENHA - Nunca mais Rachel

Muitas pessoas, assim como eu, não gostam de livros de auto-ajuda. Mas também existem muitas pessoas, assim como eu, que gostariam de obter alguma experança ou auxílio sobre algum assunto específico, e porque não juntar isso com o gosto de ler? Foi o que fez Lisa Genova, uma neurocientista americana autora de poucos, mas valiosos livros vendidos milhares de vezes ao redor do mundo.
Conhecida pelo aclamado Para Sempre Alice, Genova arriscou mais uma vez misturar romance com auto-ajuda de uma forma fantástica. Genova chegou à ser criticada e rejeitada diversas vezes por diversas editoras, chegando alegarem que ninguém nunca estaria enteressado em ler histórias que mesclavam essas duas coisas. Ela então decidiu lançar seu primeiro livro por si mesma, e vendendo enviando por carta, posteriormente sendo contratada por uma editora.

Já conhecida e com novas ideias, Genova decide arriscar mais uma vez com Nunca mais Rachel, onde conta a história de uma mulher bem sucedida e que gosta de ter um ritmo de vida rápido e cheio, mas tudo muda quando sofre um acidente e perde toda a noção da esquerda! Por conta disso, tudo em sua vida tem de ser adaptado e melhorado para a sua vida se tornar possível. Tudo deve ser desacelerado em sua vida, fazendo assim ela descobrir uma nova Rachel.

O nome Nunca mais Rachel, para mim, foi mal traduzido, pois esse nome dá a noção de que Rachel nunca mais voltaria ao normal, o que em nenhum momento é o motivo da autora, pelo contrário. Genova nos apresenta uma 'doença' (Trauma cerebral) muito pouco conhecido, a Esquerda Negligenciada, onde após algum trauma (Pancada) sofrido no crânio a pessoa perde a total noção do que é esquerda. O cérebro simplesmente ignora o que é esquerdo e interpreta tudo como se fosse direita. Os olhos da pessoa enxerga tudo normalmente, mas quando é enviada toda a informação ao cérebro, ele ignora o sentido de esquerda, por conta disso todo o lado esquerdo da pessoa é paralisado, mas a pessoa não sabe disso, quando ela ouve alguém pedindo para levantar o braço esquerdo, ela acha que levantou, seu cérebro crer normalmente que tenha levantado, mas na verdade não. Ao comer alguma refeição, como macarrão, todo o lado esquerdo prato continua cheio após o 'término' da refeição, pois o cérebro acredita que ao terminar o lado direito, tudo foi terminado.

Pode parecer estranho, e realmente é, mas ao ler a história você entenderá 100% disso e verá que existe tratamento para a Esquerda Negligenciada. Em dados momentos a protagonista, através de intenso treino, consegue observar vez ou outra algo na esquerda e entender que realmente é a esquerda.

Acho que já falei isso, mas se não, irei dizer novamente. A única coisa que me decepciona com as histórias da Lisa Genova é que TODOS os seus protagonistas, (De todos os livros que li dela traduzidos) são pessoas bem sucedidas, com grandes casas e bastante dinheiro. Não que essas coisa atrapalhem na história ou algo do tipo, somente algo que eu percebi e de que me faz pensar que a autora acaba por sempre refletir a mesma coisa em suas histórias, coisa essa que é talvez um reflexo de sua vida.

Bom, se você quiser conhecer sobre a Esquerda Negligenciada, por ter, conhecer quem tenha, ou por pura curiosidade, não têm livro melhor que vá te ajudar a conhecer o problema de uma forma nunca antes visto!

Nunca mais rachel é fantástico! Um dos livros que prefiro ler deitado numa rede durante o amanhecer!


Por enquanto é só galera, até mais!
---------------------------------------------------------

Título: Nunca mais Rachel (Left Neglected)
Autor: Lisa Genova
Editora: Nova Fronteira
Ano: 2012
Páginas: 287

Nenhum comentário