Preciso falar

Preciso falar

13 anos de idade tinha.
 Me chamaram de inútil.
Não saiam, amo vocês.
 De novo estou aqui.
Quebraram as asas dos pássaros,
Irritaram as crianças, 
Perguntam se estás bem,
Pra sempre não, momentos.
 Ela nua melhoraria teu dia,
Van Gogh vivo melhoraria,
Bukowski melhoraria,
Muito dinheiro melhoraria!
A boemia deixa o mundo rebelde,
Quem não é rebelde? 
O professor era boêmio, poeta,
Era universitário que transava 
Com grande parte das colegas,
Ele era feliz,
O que dá sentido é a putaria, amizade,
Os risos da zoeira que existia quando
Transava com tua ex namorada morena,
O que irrita é a cachorrada que faz 
A geração contemporânea,
Mas tu… Tu és boêmio que sei!
Se te irrita as putas caras, és o cara.
 No quarto, puto, olhando status 
De blogueirinhas que vão enfiar o dedo
No teu… Olho?!
Vais acordar, sei que vai,
Deitado com depressão lembrando 
Da puta da sala de aula 
Que deu dedo pelo ônibus?!
Vais acordar, sei que vai.
Precisas dormir antes para acordar,
Sonhe fodendo com tua princesinha
No motel mais caro do país às 12 horas!
E vais acordar disposto a bater 
No filho da puta que zomba de teu corpo!
 Tu entendes cada palavra,
Isso é só pra quem é perturbado…
"Eu desejo, eu desejo, de todo coração"
Que a UFPB me trate como um príncipe! 
Príncipe que enfiou a espada na depressão!
Foi defesa grande!
 A filha da puta puxava
O pé esquerdo e afogava na pia do banheiro!
  A liberdade deu asa aos pássaros interior,
Incrivel é que os pássaros são psicólogos,
 Sei que entendem o que digo.
Pela janela o dia claro…
É claro que estás preparado para mais uma
                                                       [queda da manhã!
Tu vais ver de novo a cachorra gritando teu nome,
Vais encontrar o preguiçoso que te chamas
                                                       [de preguiçoso!
Não irás mandar se foder, por quê?…
És o "educado" da turma… 
Meu deus!
 A ingenuidade chega em fracos!
Tens que quebrar a porra do verbo nos porras.
  Quem é fraco? Essa é a era contemporânea,
Augusto dos Anjos já disse sobre as feras.
Gullar contou quando estava sujo!
Relaxa, conheço alguém! Te deixará feliz!
Olha ali passando, segura! 
Ela é gostosa, prove-a! 
Nome: loucura!
Agora sim é recíproco!
Te levará aos caminhos divertidos,
Quebrará, contigo, as regras do governo,
Te fará rir de qualquer coisa!
Gostas de rir! Eu sei que sim.
 Rebola, tem bunda, olhos verdes feito cana,
Tem gosto de cana, tem gosto doce,
É popular na escola,
Ela é ela. Somente ela. 
Pouco se fode para os outros,
Só se importa para te levar a conhecer 
João Pessoa por inteiro.
A revista disse que ela foi a melhor guia
 Turista que a Paraíba já teve nos anos 80.
 Abraça logo! 
Agora queres ser livre! 
Te chamam de comunista,
Foda-se, foda-se! Comunismo é a porra
Do puteiro que te traz risos,
Lá, tipo Bandeira, sois amigo do rei
E pega quem quer, na cama que desejares!
 E estão gritando ao teu lado!
Falam alto como se fosse divertido,
Quem fala alto é tão imbecil quanto a lésbica
Ou gay que fala de sexo! 
Tipo, 24 horas por dia.
 Em um dia a meta é encontrar divertimento 
Pra ficar rico e comprar o Nike do momento!
Mandam parar de cantar, 
 Dane-se cantarei pra caralho pra irritá-los!
E o cara que falar, no futuro pedirá emprego!
Vou dizer mais,
O cara mais gentil é o cabeleireiro
 E o rapper Froid.
 Se a árvore está bem?
Cara, a árvore será cortada.
Mas tô na merda,
  Essa porra é um pedido de socorro!
Tipo o Baco pedindo ajuda!
 Não durmo mais,
 Fiz Arte, morri. Estudei, virei escravo.
Odeio o governo, me ajuda.
 Também amo o campo verde,
 Mas o quarto trancou os pés,
  Como visualizar os animais? 
A vontade é de parar de ser tipo os versos 
Param de ser o que é na leitura dum burro!
FODA-SE,
A confusão chora, 
 Pulei no rio das lágrimas dos próprios olhos!
 Se eu me afogar vou morrer! 
Merda, é uma metáfora.
Eu
Queria ter filhos, 2 cães, gatos, o mundo!
Tenho fracasso! 
Pelo menos tenho,
 Pedem ajuda, 
Também quero!
A psicóloga quase ajuda.
Cara, é bizarro, do nada o nada vem
E da mente faz um nada,
E eu, rodeado de pessoas,
   Me sinto sem pessoas.
As estrelas brilham para a desgraça,
Ainda brilho para a alegria,
Rir para quem não devolve risos cansa.
 Juro que tento,
Juro tudo,
 jurei que iria fazer tudo certo
Tipo o rapper brasileiro Sid,
Fiz errado,
 Transformei olhos em cachoeiras,
Bom que ficaram lindos,
Ruim que eram de melancolia,
Desculpa.
Também amo minha mãe.  

 


 
- PB-DANTE, Reflexo
  

 

Um comentário :

  1. Meu parabens pelo talento. Você detêm do dom mais lindo da humanidade, o dom de encantar, o dom de chorar pelas dores de outrem, e, ainda assim, chorar pelas suas. Sua escrita é vida, nunca pare sua escrita, pois quando isso ocorrer será provável que seu corpo feneça junto.

    ResponderExcluir