Acordar Cedo - Cristian Lima

Acordar Cedo - Cristian Lima

À noite, debrucei-me pelo tédio
E fui despertado por intermédio
De um tilintar a qual jamais para
Nem com as sombras de um amor que amara

Vi um sonho, longo como pesadelo
Mas curto o bastante a ser passageiro
Porém acordei dele bem mais cedo
Abri os olhos com escuro medo

Por fim, entrei no silêncio profundo
Pois hoje acordei mais cedo que o mundo
Mas hoje estou muito mais feliz que ele

Não temo o tormento de sonho ser-lhe
E se antes parecia estar-lhe a mercê
Não mais... Não quero mais ver você



Nenhum comentário