Pintura de Élon Brasil - Danilo Soares

Pintura de Élon Brasil - Danilo Soares



Feito mágica.
Olhos pretos e fechados
Sai do pincel.
Sai do pincel a cor negra,
A resistência,
Sai os cabelos negros,
Sai a coragem,
Sai a nudez humana.

Das mãos de Élon
Sai representatividade,
Espírito gracioso.
Talento estupendo.
Van Gogh dos indígenas.
 

Poema: Danilo Soares.

Pintura: O Guerreiro e a Onça (2009) de Élon Brasil.

Nenhum comentário