o bode - poema - SÉRGIO DE CASTRO PINTO

o bode - poema - SÉRGIO DE CASTRO PINTO

o que escrever sobre o bode?
compor-lhe uma ode?
dizer que os seus chifres
despontam na testa
como duas raízes
brotando da terra?
que é irmão siamês
dos seixos, da poeira,
das pedras?
que é duro na queda?
que o bode é ante de tudo um forte?
ou que, quando bale,
é todo ternura,
torrão de açúcar
desmanchando-se em candura?

- SÉRGIO DE CASTRO PINTO



Nenhum comentário