Entrevista com o rapper riotintense Yank - Paixão Melancólica

Entrevista com o rapper riotintense Yank - Paixão Melancólica


Yank, nome artístico de Yan Klismann, é um jovem que nasceu em 18/12/98 em Rio Tinto - PB. O mesmo é organizador da Batalha da Preguiça, produtor, estudante e rapper. Ele vem fortalecendo cada vez mais a cultura Hip Hop na cidade onde reside. Com a intenção de o apresentar ainda mais para o público, nosso site, Paixão Melancólica, o entrevistou. Segue abaixo a entrevista.


PM (Paixão Melancólica): Então, Yank, tudo bem? Quero dizer que é uma honra enorme a sua presença nesse site. De início, você pode se apresentar e falar um pouco do seu trabalho artístico como rapper e produtor independente

Yank: Primeiramente eu quero agradecer pela oportunidade de poder compartilhar minhas ideias aqui...Pouco tempo atrás, eu senti que o vale do Mamanguape tava precisando de novas culturas e eu decidi começar a fazer isso, procurei outras que estavam com o mesmo interesse pelo rap. nessa corrida, encontrei o Roc, R.A, que eram da região, e começamos o movimento. Pouco tempo depois, surgiram outros nomes de todo o vale, foi então que eu me interessei mais pela produção musical, e hoje eu continuo estudando e aprendendo sobre.

PM: Quais são as principais dificuldades em sua carreira artística? 


 Yank: A maior dificuldade é encontrar o que você realmente quer/é, encontrar seu público e conseguir crescer com o rap.


PM: Pretende viver de Arte?
Yank: É o meu maior sonho, mas, arte  no contexto geral, e não só rap.

PM: Além do Rap, o que você faz no cotidiano? Tem outra profissão ou estuda algo?

Yank: Sou matriculado em LCC, no campus IV, porém estou trancando o curso. Aos sábados ajudo meu avô na feira e também faço trabalhos independentes tocando guitarra nos lugares.
PM: Você é um dos organizadores da Batalha da Preguiça, nos conte um pouco mais sobre esse movimento?! 

Yank: Trouxe essa ideia junto com o Roc e pretendo crescer cada vez mais ela pelo vale.
PM: Ficamos sabendo que estás criando um Selo musical voltado exclusivamente para quem é do Vale do Mamanguape, como vai funcionar? 

Yank: Na verdade ele já está em ação, vai ter um som pra cada MC da região, futuramente pretendo gravar outros de toda Paraíba.



PM: Como é o seu contato com a literatura? Visto que, para ser rapper, tem que "manjar" muito das referências... 

Yank: Gosto muito do Bukowski, curto uns livros dele, mas costumo estudar mais sobre outras culturas e assistir documentários.

PM: Por falar em referência... Quais são seus rappers favoritos? 

Yank: Victor Xamã é o que eu mais ouço de br, da gringa eu ouço muito o Tyler

Seu trabalho está sendo muito importante para a cultura de todo o Vale do Mamanguape, como se sente sabendo que estás marcando a história dessa Cultura Regional?

Yank: É o que eu gosto de fazer, sou grato pelo reconhecimento e quero despertar outros olhares para a cena local.

  Qual a sua definição de Cultura?

Yank: Cultura pra mim é liberdade, é toda forma de se expressar usando a arte e a história. Um bem necessário em todo e qualquer lugar.

 Fique a vontade para se despedir, mandando abraços ou beijos para suas fãs (creio que a quantidade é enorme).

Yank: Não é enorme não KKKKKKK. Mas agradeço a todos que acompanham meu trabalho e eu apenas comecei. Quero ver até onde isso vai chegar. O rap pra mim também é compromisso e eu não vou mudar. Amo vocês seus lindos, continuem me ajudando a divulgar essa cena


E assim finalizamos mais uma entrevista aqui no site. Agradecemos ao Yan pelas respostas e desejamos cada vez mais SUCESSO em suas caminhadas longas.


Nenhum comentário