Louca noturna - Danilo Soares

Louca noturna - Danilo Soares

A lua pinga deleite sobre tua emoção,
A noite te retoca e te reforça.
No improviso e no questionário
Nasce de tua alma a tua linguagem.

És tu filha da vida e mãe da noite,
Louca de boa lábia, louca da pátria.
Delírio, fome de tudo e sede de whisky,
Espírito bucólico, intensa entusiasta.

Mil metáforas ao teu redor.
Um rio de vinho tinto surge em tua frente
Enquanto tu mergulhas rindo a vida
Compondo versos delirantes.

- Danilo Soares

 


 


 


Nenhum comentário