Estou ficando mais chato

Estou ficando mais chato

 Ando mais chato. Já estão percebendo. Estou chatíssimo. Antes até pensaria em discordar, mas eles realmente têm razão. Mas eles são os perfeitos. Como disse o poeta naquele poema moderno: Nunca conheci quem tivesse levado porrada/
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo. 

Ah! Sendo sincero, no fundo posso na verdade está me enganando, talvez nem me ache chato, mas concordo com eles apenas para ter paz, é como quando perdoo os outros apenas para também me manter tranquilo. É assim que me sinto humano, sendo esse egocêntrico desequilibrado.

Bem queria fazer uma chamada telefônica para todos os inimigos, dizendo que a pandemia me fizera pensar o quanto na verdade os amo, me desculpar depois por querê-los algum dia o mal. Em teoria é bonito. Na realidade, sei lá.

Eu sou o louco, minha consciência é a de um escritor, por isso penso essas coisas. Contrario-me muito, e quando descubro algo novo, me torno ainda mais chato. Mais chato que Schopenhauer, mais chato que Nietzsche. Li esses e outros. Como disse no início: sou chato e eles têm razão. Concordo e vou dormir, e você? 

- Danilo Soares 

"Então sou só eu que é vil e errôneo nesta terra?
Poderão as mulheres não os terem amado
Poderão ter sido traídos - mas ridículos nunca!
E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído
Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?
Eu, que venho sido vil, literalmente vil
Vil no sentido mesquinho e infame da vileza
Argh! Estou farto de semideuses
Argh! Onde é que há gente? Onde é que há gente no mundo?", Álvaro De Campos

 


2 comentários :