Escrevi esse poema quando estava bêbado

Escrevi esse poema quando estava bêbado

 incerteza do viver
tã louco que não sabe
o que é o falar, o dizer,

mas quem sou
para a lírica
a crítica
 e o filósofo?

somente quero mais essa linha
como quero o convocado
para a continuidade.

 A menina talvez
é a sensibilidade
que me faz ainda linhar
 o íntimo ao continue

eu sou um despedaçado
me remendando na frase
 do escritor

desgraçado ou melancólico
me pergunto sobre minha origem
 mesmo no fundo sabendo
que sou arte,
não sirvindo para nada,
porque não mereço limite

- Danilo Soares

 



2 comentários :